Emanuel M. Milanez

Diretor técnico | Cardiologista

CRM 8851 | RQE 5256

Endereço

Rua Antônio de Lucca, 165

sala 01, Ed. Vitalle

Pio Corrêa - 88.811-503

Criciúma - SC

(48) 3433-2102

(48) 3463-2554

MRPA
Monitorização Residencial da Pressão Arterial

O que é a MRPA?
 

A monitorização residencial da pressão arterial ou MRPA é o registro da pressão arterial realizado pelo próprio paciente ou por outra pessoa treinada, por um período de 4 dias, nos períodos da manhã e noite, no domicílio ou no trabalho.
A MRPA deve ser realizada com um aparelho validado, ou seja, que registra os valores da pressão arterial de uma forma precisa, pois foi previamente testado por entidades que tratam especificamente deste assunto .



Para que serve?
 

A MRPA auxilia na identificação e no acompanhamento da hipertensão arterial sistêmica, identificação do efeito de avental branco (reação de alarme que eleva a pressão no consultório ou clínica), identificação da hipertensão arterial mascarada (pressão arterial normal no consultório ou na clínica, mas elevada fora destes ambientes) e avaliação do tratamento anti-hipertensivo.



Como é feito?
 

A MRPA é realizada em 5 dias, de segunda à sexta-feira.O aparelho de MRPA permite o registro das pressões em cada etapa do exame.Estes registros depois serão impressos e analisados pelo médico responsável pelo exame.

- Realizar as medidas em ambiente tranquilo, com temperatura agradável, sem estar de bexiga cheia, ser ter feito exercícios físicos há 60 minutos, sem ter ingerido álcool, café, alimentos ou fumado até 30 minutos antes. O paciente deverá estar em repouso de pelo menos 5 minutos antes do início das medidas. Não se deve falar durante as medidas.
- Realizar 3 medidas antes da tomada dos medicamentos (caso faça uso de medicação) ou antes do desjejum (naqueles que não usam medicação pela manhã) e mais 3 medidas antes do jantar ou duas horas após, totalizando 6 medidas da pressão arterial.
- Utilizar sempre o mesmo braço definido no dia das instruções, apoiado na altura do coração, com a palma da mão voltada para cima e sem movimentação durante as medidas.
- Colocar o manguito (bolsa de borracha) no braço livre de roupas.
- Não usar o aparelho para efetuar medidas em outras pessoas que não aquela que está fazendo o exame, pois os dados serão armazenados.
- Não modificar o esquema de medicação baseado nas medidas realizadas durante a realização da MRPA.



Limitações:
- Arritmias cardíacas, obesidade e dificuldade para manusear o aparelho e/ou realizar o protocolo de medidas são fatores que limitam a realização do exame.